Tudo sobre Sertralina

Tudo sobre Sertralina

Sertralina, será que ela engorda? Será que ela causa sonolência? Será que a tal dependência? Como anti depressivo no corpo, pra quem é indicado, pra quem ele é contra-indicado quais são os riscos e perigos dessa medicação que vou falar sobre tudo isso hoje.

Falando hoje sobre uma das medicações que eu mais gosto na psiquiatria, que eu mais prescrevo que é a Sertralina, é um antidepressivo inibidor da recaptação seletiva de serotonina, da mesma classe da fluoxetina que é um outro antidepressivo, ela foi lançada no início da década de 90 e ela possui uma estrutura molecular única entre os antidepressivos  que eu vou falar daqui a pouco pra vocês porque isso é importante e a Sertralina, ela não causa dependência assim como os outros antidepressivos, ela não causa dependência e não causa tolerância ou seja o corpo ele não se acostuma com a medicação com o passar do tempo e ela não tende a ir perdendo o efeito na maioria das pessoas.

Pra que ela indicada? Ela é indicada primariamente para quadros depressivos tanto quadros agudos quanto na manutenção de um quadro depressivo para evitar uma recaída,  aliás porque eu falo que eu gosto tanto desse anti depressivo, porque houve uma meta-análise analisou um conjunto de vários estudos científicos e nessa meta análise com vários antidepressivos a Sertralina se mostrou um dos antidepressivos mais eficazes sendo mais eficaz do que a grande maioria dos outros antidepressivos, então de fato ela funciona muito bem e além disso nessa análise mostrou-se que é muito bem tolerada. Então ela funciona bem como antidepressivo e as pessoas toleram a causa relativamente poucos efeitos colaterais como a gente vai falar mais adiante, por isso então é um dos anti depressivos mais indicados no tratamento de depressão, mas ela também pode ser usada para quadros ansiosos como transtorno de pânico, transtorno de ansiedade social, o TAG e além disso tem muitos estudos com a sertralina para quadro de disfórico pré-menstrual e para alterações de humor na menopausa.

Como ela age no corpo então assim como a  fluoxetina como os outros antidepressivos inibidores da recaptação seletiva de serotonina ela aumenta os níveis de serotonina na fenda entre os neurônios na sinapse, esse é um bem rápidos o que não é esse aumento rápido de serotonina que causa os efeitos terapêuticos o  aumento rápido causa dos efeitos colaterais da Sertralina. O efeito terapêutico efeito que a gente quer para a melhora de humor melhora de ansiedade ele se dá devido a uma mudança na membrana dos  neurônios através da ação receptor chamado 5-ht1a e essa mudança na membrana dos neurônios na velocidade de comunicação entre eles demora de duas a seis semanas, uma média de quatro semanas para ter o seu efeito terapêutico então uma vez que você toma a ser planeada assim como outros antidepressivos você pode ter os efeitos colaterais ormalmente nas duas primeiras semanas depois eles tendem a diminuir e a partir de uma da 3a 4a semana você começa a ter os efeitos benéficos da melhora de ansiedade da melhora de depressão pra que ela foi indicada. A Sertralina também ela tem uma ação diferente dos outros inibidores da recaptação da serotonina porquê? Porque ela também inibe um pouquinho a recaptação da dopamina, então ela também aumenta os níveis de dopamina na fenda entre os neurônios e a dopamina está associada a uma melhora de motivação, melhora de concentração, melhora de ânimo de prazer, e provavelmente tem a ver com a alta eficácia da Sertralina entre os inibidores seletivos da recaptação da serotonina. Quais são os efeitos colaterais? Os efeitos colaterais são mais comuns nas duas primeiras semanas, inclui boca seca cefaleia, um pouco de dor de cabeça principal mais específico da sertralina soltar um destino quadro de diarreia, ela pode causar isso nas primeiras semanas de uso, ela pode causar sonolência mas não é com muita não é uma medicação associada à sonolência e ela não está associada à muito grito de peso não há medicação associada ao aumento de apetite e não leva as pessoas na maioria dos casos a ganhar peso, então ela tem esse perfil de segurança têm um efeito que é comum na Serotonina é como nos outros antidepressivos e outros médicos que é uma diminuição da libido e o retardo do tempo para o orgasmo então o orgasmo começa a ficar mais prolongado em algumas pessoas até fica difícil se atingir o orgasmo na relação sexual que a gente chama de anorgasmia. Todo antidepressivo que mexe com serotonina pode causar e este efeito colateral eu vou fazer um vídeo específico falando do porquê que o uso de antidepressivos causam essa alteração na libido, essa alteração sexual que é algo que impacta muitas pessoas, e eu vou explicar neste outro vídeo o que a gente pode fazer pra contrabalancear com que a gente pode achar antídotos para esse efeito chato dos antidepressivos, ainda pode causar isso não é em todo o mundo mais de uma parcela da população isso pode ocorrer. Quais são as doses? Então as doses padrões variam entre 50 miligramas até 200 miligramas, sendo que a dose média de melhor de um quadro depressivo em torno de 100 mm , claro que isso depende de cada paciente, é importante saber isso porque às vezes a pessoa toma sempre numa sub dose e aí ela melhora um pouquinho mas ela não está bem, ela não está 100% e a gente quer deixar a pessoa melhor possível. Então pra entender que vai de 50 a 200 em que a dose média é 100 miligramas para quadros de toque. Toque normalmente a gente precisa de doses altas de serotonina pra ter melhor, então o quadro de toque resistente a gente pode usar doses maiores do que 200 chegar até 300 ou 400 miligramas de Sertralina mas isso sempre sob a supervisão de um especialista. A sertralina é um dos antidepressivos mais seguros na gestação então ela junto à fluoxetina que eu falei anteriormente é considerado muito seguro na gestação e ela é o anti depressivo mais seguro na amamentação, então se a gente tiver que escolher o antidepressivo para a gestação e ara a amamentação a gente tem que pensar na Sertralina. Então é bom saber disso sempre que  também é usado em crianças e adolescentes e ela pode ser usado também em idosos. Vou ficando por aqui e eu vejo vocês no nosso post. Um abraço!

Fonte: 
https://psicologado.com.br/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *